sábado, 31 de outubro de 2009

1º aninho

Ao Léo...
Palavras nem podem chegar perto de definir o quão feliz um ser humano pode ser, se deixar-se tocar pelo amor de um pequeno e peludo bichinho; o quanto que se aprende ao conviver com um ser tão inocente, sem maldade, que é sempre fonte de carinho e ternura.
Tudo isso, e muito muito mais, é o que tem sido minha vida ao seu lado.
Muita alegria, é sempre o que vem de você.
Você é o meu maior e melhor presente até agora, Você é um docinho, um verdadeiro chocolate.
Te amo muito,
feliz 1 aninho !!!

mamãe :)

Um vídeo de presente, para memorar os bons momentos.
Com musiquinha...aumente seu volume, vamos cãomemorar !!!

video

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

brincando...


A minha AUmiguinha Maíra me cãovidou pra brincadeira do cartão vermelho:


Regras:Cada um deve fazer uma listinha com 10 escolhidos para dar o cartão vermelho. Pode ser uma pessoa, uma atitude, enfim, tudo aquilo que, de alguma forma, nos incomoda - se quiser e precisar, dê uma justificativa breve. Após fazer isso, passe a bola para mais cinco blogueiros e vamos ver no que dá…

OK, Lá vou eu....

E meus cartões vermelhos vão para:


1. Roupas de pele (para quem usa e para quem mata os bichinhos)

2. Circos que usam animais

3. Maus tratos (aqui entram os maus tratos à cães, gatos, demais animais e crianças/idosos)

4. Abandono de bichinhos de estimação, idosos e crianças

5. Caça

6. Racismo/Intolerância/Preconceito

7. Ignorância gratuita, mau humor, incompreensão

8. Drogas

9. Violência

10. Tráfico de animais selvagens


Os aumiguinhos que eu cãovido para brincar são:

1. Fernanda e Pink

2. Alguém que ama gatos

3. Meu bixano

4. miados mil

5. fofyslândia


E tem mais:

A Maíra ainda me deu o selinho (da vaquinha) rosa - acima - , a regra é citar aquilo que considero legal,interessante ou divertido,coisas ou pessoas que me fazem bem e me deixam feliz.


Bom, eu gosto de muita coisa, mas vou citar as mais mais:


* eu amo brincar com outros cachorrinhos;

* adoro ficar num colinho ganhando muito e muito carinho;

* gosto de bolinhas de sabão

* tudo que for de comer, me agrada e muito :p

* e curto pacas roer qualquer coisa de madeira, pode ser meu ossinho, meu portão, os armários da mamãe....enfim eu me acho o Sr. cupim, hahahaaha

* agora, de interessante, eu cito os blogs que eu visito e dos quais sou aumigo, nada mais interessante que a troca de informações e assim a gente aprende muito e conhece pessoas e bichinhos muito especiais.


É isso !!!

Maíra, aubrigado pelo cãovite, adorei a brincadeira.


Bom início de fim de semana pra todo mundo;

E amanhã.... vamos comemorar meu auniversário !!!!

Espero todos aqui.


Lambs lambs lambs e lambs :)

terça-feira, 20 de outubro de 2009

21 de Outubro, Dia Mundial do Meu tio Joe

1999.
Em meados de dezembro, numa manhã quente de sábado; meu vovô (mais conhecido como
"Papito") chega em casa com uma bolinha pretinha e peluda, de olhinhos brilhantes e azuis.
Era o meeeu tio Joe.
Naquela época ele nem sabia que ia ser meu tio, e ninguém da família sabia, mas aquele era um dia que mudaria para sempre a vida de todos.
Acabava de entrar para a família, o mais novo, mais peludo e querido membro. O tio Joe estava então com quarenta e poucos dias de vida, fora um dos últimos filhotes a nascer de uma ninhada de nove cães. Era um dos que mamava menos e era mais magrinho, mas era esperto e ativo. Ele foi correndo para o colo da minha vovó, que acabou se tornando sua mamãe; e nunca mais a soltou.
Ele chegou em casa sem ser vacinado, nem vermifugado. Passou mal no dia seguinte, domingo, vomitou, não comeu, mas aceitou de boa vontade o soro caseiro que a minha mãe e minha avó o ofereceram, e suportou até a segunda feira, quando as lojas abriram e ele pode então receber os devidos cuidados. Tomou vacina, foi vermifugado, tomou cálcio, ganhou colo, tomou banho, dormiu na cama, no sofá, e em baixo deles. Fez cocô por toda casa, e marcou com vontade seu território (haha), aprendeu a latir, a correr, e cresceu. Ganhou mais pêlos, mudou a cor dos olhos. Se tornou um grandalhão, forte, saudável e esperto. Ficou bravo e ciumento, pouco sociável com estranhos e paralelamente, foi se tornando cada vez mais e mais amável e carinhoso com sua família.
Amanhã, dia 21, o tio Joe completa seus dez anos de vida.
Uma década !!! É sem dúvida muito tempo, mas para sua família, parece que foi ontem.
Nesses dez anos, o tio Joe presenciou muita coisa, foi muito feliz e muito amado; acãopanhou tempos difíceis: falta de dinheiro, brigas familiares, esteve ao lado de sua mamãe quando ela teve problemas de hipertensão, ficava sem comer quando sua irmã (minha mamãe) ficava de cama, estava lá quando seu irmão do meio acidentou a perna, estava lá quando nossa família perdeu entes queridos, e sabia sempre nos oferecer seu silencioso olhar cãopanheiro e cúmplice, oferecia seu lambs lambs como tentativa de confortar a cada um que ele notava triste, ou em um mau momento.
E com este mesmo amor e amizade participou de momentos felizes e vitoriosos: viu a irmã se formar, a mamãe voltar a estudar, o papai reencontrar a família, o tatinho voltar aos estudos, esteve lá quando seus dois manos conseguiram seus primeiros empregos, esteve lá a cada pessoa querida que recebemos em casa, a cada novo amigo que fizemos, esteve em cada bolo de aniversário, ceia de natal, e em todos os dias, oferecendo seu amor e seu carinho, sem pedir nada em troca, sem julgar, sem apontar, sem esmorecer.
E é por isso e por tantas outras coisas que não cabem em um post, que eu quero dar ao meu tio Joe, o seu dia Mundial.
Quero dividir com ele o carinho que eu recebo aqui todos os dias, quero cãovidar a todos que amam animais, em especial os cães, aos meus seguidores, e leitores, a celebrar uma década de vida e de amor do meu tio Joe.
Tio, eu quero ser como você quando eu crescer, é claro que eu nunca vou poder ser bravo e grandão como você, mas quero ter sua lealdade, fidelidade como exemplos pra mim. Quero chegar nos meus dez aninhos com muita história, assim como você. Quero dedicar meu amor à minha família como você sempre fez. Quero me tornar um senhor, como você é, com esse corpo saudável e jeitinho de bebê que você preserva.
Parabéns tio Joe.
Você mudou a vida de todos da sua família para muito melhor, você ensinou minha mãe amar cães, por você é que hoje eu estou aqui, AUbrigado.
A vida não teria sido a mesma sem você, agradecemos por ter soprado ventos de boas mudanças.

Feliz AUniversário.
Muita saúde... e sabe, eu desejo que todas as pessoas do mundo possam ter a felicidade de ter pelo menos um amigo como você,
Te amamos muito !!!
Viva o tio Joe !!!

Hoje os lambs, são todos seus :)

domingo, 18 de outubro de 2009

Utilidade canina


Oie, hoje vou latir sobre um assunto muito importante: se vcs mamãezinhas de cachorros que visitam este blog dão comida de humanos para seu bebê, atenção: alguns alimentos podem fazer mal para a saúde dos peludos; e vc meu AUmigo cão esfomeado como eu saiba: nem tudo que cheira bem faz bem pra sua barriguinha, leiam:
Lista de comidas que não devem ser dadas a cães em hipótese alguma:
***Bebidas Alcoólicas: Muitas vezes são adocicadas e podem atrair cães e gatos, mas podem induzir uma intoxicação séria e às vezes fatal.Sinais e efeitos colaterais: Descordenação, Excitação, Depressão, Urinar excessivamente, Respiração lenta, Ataque cardíaco e morte.
***Abacate Folhas, semente e a fruta do abacate contem uma substância tóxica chamada persina. Pode causar desarranjo gastro-intestinal.
***Café (todas as formas): Café contem componentes perigosos chamados xantinas que podem causar danos ao sistema nervoso e sistema urinário além de ser um estimulante cardíaco.
***Cascas de batatas: Batatas e tomates contem uma substância chamada solanina e outro alcalóides. Se ingeridos em grande quantidade, podem gerar salivação excessiva, desarranjo do trato gastrointestinal, perda de apetite, depressão do sistema nervoso central e outors sintomas. Evite.
***Chocolate (todas as formas) : Chocolate contem teobromina, um composto diurético e estimulante do coração.Sinais: Excitação inicial, beber e urinar excessivamente, vômito e diarréia. Chocolate pode causar ritmo cardíaco acelerado, podendo levar a convulsões ou mesmo morte.
***Comidas estragadas ou mofadas: Muitos tipos de mofo contem uma toxina chamada aflatoxina. Pode causar vômito/diarréia, tremores musculares, descordenação, febre, salivação excessiva e danos ao fígado.
***Comidas gordurosas: O problema principal destes alimentos é um desarranjo gastrointestinal e, em alguns casos pode culminar em uma pancreatite. Pode ser fatal em alguns animais e é quase sempre causado por comidas muito gordurosas como bacon.
***Noz macadâmia: A macadâmia contem uma toxina desconhecida que pode afetar os músculos, o sistema digestivo e o sistema nervoso de cachorros. Já foram registrados casos de paralisia.
***Uvas e uvas passas; Existem casos registrados de apenas 6 (seis) uvas ou passas causando insuficiência renal aguda. A toxina não foi identificada ainda. No caso de intoxicação sempre leve ao veterinário mais próximo.
Não deixe medicamentos ao alcance de animais.
E, para terminar este post, mais um mimo para mim...A Simone - menina linda do Blog Arte dos Gatos me deu mais um selinho e eu não tenho certeza se peguei o selinho certo, mas qualquer coisa me corrija tá bom Simone ;) E muito obrigado, lambs pra vc.
Bom o selinho é este aí em cima e a regra é:
Dizer sem pensar 10 coisas que amas !!!
ok, aí vou eu:
1 mamãe
2 papai
3 comida
4 roer madeira
5 rasgar revista
6 passear
7 brincar de morder
8 correr na grama
9 tomar banho
10 muito carinho na minha barriga e embaixo das orelhinhas

é isso, e tbm amo muito meus AUmiguinhos blogueiros.
AUbrigado pelo carinho e pela cãopanhia de todos vcs.
Tenham uma semana muito linda;
Lambs :)

domingo, 11 de outubro de 2009

Ai ai essas meninas me mimam muito :)


As minhas AUmiguinhas: Maíra- gattitosfashion.blogspot.com, Lizandra - alguém que ama gatos e Gisa - miados mil, me deram o selinho ESSE BLOG É SHOW" .
Meninas, AUbrigado !!! Fiquei muito muitooo feliz.
As regras são :
Publicar o selo e indicar o blog que o repassou
10 palavras que qualifiquem seu blog
Repassar o selo para 10 blogs e avisá-los

Bom, "quens" me deram o selinho foram essas "fofulinhas" de meninas que estão devidamente indicadas aí em cima, e os links do blogs aí no meu cantinho direito, na seção "aucompanhando"
10 palavras que qualificam meu bloguinho:
1- au aus
2- AUmor
3- bom humor
4- brincadeiras
5- AUmizade
6- fofurice
7- chocolatice
8- vida (de cão rs)
9- carinho
10- cuidAUdos
Indicados:
1 Ana Clara/papéis de carta
2 Branquinha
3 Fernanda e Pink
4 meu bixano
5 vida canina e histórias de vida
6 arte dos gatos
7 mãe de cahorro tbm é mãe
8 cãotinho da lola
9 de tudo um pouco
10 art by lu

e pra cãopletar meus mimos, ganhei da Ana Clara, o selinho "seu blog merece ser filmado"
cujas regras sãoooo:
1-Publicar o selo e linkar o blog da amiga que o ofereceu.
2- Escolher cinco situações da sua vida que mereciam ser repetidas em slow motion e explicar porquê.
3- Passar para 12 amigas blogueiras
Então tá lá vamos nós...
A Ana Clara que me deu o selo, está já indicada e linkada :)
2/1 >>> Qdo minha mãe me cãonheceu, pq foi aí que eu ganhei uma família.
2/2 >>> Meu primeiro banho, pq banho é uma coisa que eu AUdoro.
2/3 >>> Minhas brincadeiras de bolinha de sabão pq eu fico lindo correndo atrás delas.
2/4 >>> A hora que a mamãe chega do trabalho pq é o momento mais feliz do meu dia
2/5 >>> Os momentos que eu fico no colo da mamãe ganhando muito carinho, pq é uma delícia e um momento que devia durar pra sempre.....
Indicados: Meus 15 fiéis seguidores :)
Aubrigado, fico feliz e tô ficando mimado, como diria o máscara: "alguém me segure!!!"
Lambs :)

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Amor e lealdade de um cão

História linda, verídica. Preparem os lenços !!!
Era uma vez...

"Hachikō (ハチ公), conhecido em japonês como chūken Hachikō (忠犬ハチ公, "cão fiel Hachikō" em tradução livre), foi um cachorro da raça Akita nascido na cidade de Ōdate, na Prefeitura de
Akita, e é lembrado pela sua lealdade pelo dono, que perdurou mesmo após sua morte.

Em 1924 Hachikō foi trazido a Tóquio pelo seu dono,
Hidesaburō Ueno, um professor do departamento de agricultura da Universidade de Tóquio. Hachikō acompanhava Ueno desde a porta de casa até a não distante Estação de Shibuya, retornando para encontrá-lo ao final do dia.

A rotina continuou até Maio do ano seguinte, quando numa tarde o professor não retornou em seu usual trem, como de costume. Ueno sofrera um AVC na universidade naquele dia, nunca mais retornando a estação onde sempre o esperara Hachikō.
Hachikō foi dado à outra pessoa após a morte de seu mestre, mas ele escapava constantemente, aparecendo diversas vezes em sua antiga casa. Depois de certo tempo, Hachikō aparentemente se deu conta de que o Professor Ueno não mais morava ali. Então tornou a procurar na estação de trem onde o encontrara diversas vezes antes. Dia após dia, em meio aos apressados passageiros, Hachikō esperava pelo retorno de seu amigo.
A figura permanente do cão à espera de seu dono atraiu a atenção de alguns transeuntes. Muitos deles, frequentadores da estação de Shibuya, já haviam visto Hachikō e Professor Ueno indo e vindo diariamente no passado. Percebendo que o cão esperava em vão a volta de seu mestre, ficaram tocados e passaram então a trazer pestiscos e comida para alivar sua vigília.
Por 10 anos contínuos Hachikō aparecia ao final da tarde, precisamente no momento de desembarque do trem na estação, na esperança de reencontrar-se com seu dono.


Naquele mesmo ano, um dos fiéis alunos de Ueno viu o cachorro na estação e o seguiu até a residência dos Kobayashi, onde aprendeu a história da vida de Hachikō. Coincidentemente o aluno era um pesquisador da raça Akita, e logo após seu encontro com Hachikō, publicou um censo de Akitas no Japão. Na época haviam apenas 30 Akitas puro-sangue restantes no país, incluindo Hachikō da estação de Shibuya.
O antigo aluno do Professor Ueno retornou frequentemente para visitar o cachorro e durante muitos anos publicou diversos artigos sobre a marcante lealdade de Hachikō. Em 1932 um desses artigos, publicado num dos maiores jornais de Tóquio, colocou o cachorro em evidência. Hachikō se tornou sensação nacional. Sua devoção à memória de seu mestre impressionou o povo japonês e se tornou modelo de dedicação à memória da família. Pais e professores usavam Hachikō como exemplo para educar crianças. Um reconhecido artista japonês esculpiu a estátua do cachorro, e pelo país a fora a fama se espalhou e a raça Akita cresceu.
Hachikō morreu em 8 de março de 1935. Seus restos mortais estão em guarda do Museu Nacional de Ciência do Japão em Ueno, Tóquio. "

Este fragmento foi extraído do Wikipédia.
Para ver o vídeo lindo lindo lindo lindo lindo e lindo da história, clique AQUI.
E vale um doce de batata doce pra quem conseguir assistir até o fim sem chorar MUITOOOOO.



Lambs

Chove chuvaaa, chove sem parar




E com a chuva, eu tenho que passear assim !!!
Nota: eu detesto, detesto, detesto essa capa de chuva, dou o maior baile na minha mãe pra ela conseguir me vestir !!!
Mas fala a verdade; até que eu fico charmoso, né ?
Essas fotos são de 01/out, dia em que eu completei meus 11 meses !!!
Viva eu!

Lambs :)